Governo Estadual contradiz afirmativa de que a mãe de Alcides não receba apoio


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/09/2012 às 9:30
Leitura:
Da Rádio Jornal Após o desabafo de Maria Luiza Lins, mãe do estudante universitário Alcides Nascimento, em fevereiro de 2010, de não estar recebendo o prometido apoio do Governo do Estado, Aroldo Costa conversou, na manhã desta sexta-feira (28), com o presidente da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), Paulo Lócio, que explicou como vem sendo prestado o apoio à mãe de Alcides. » Relembre o caso - Alcides Nascimento, na época com 22 anos, jovem de origem pobre, estava prestes a se formar na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Alcides foi atingido por três tiros que eram planejados para outro rapaz, em fevereiro de 2010. Ao encontrar o estudante e perceber que não se tratava da pessoa que procurava, segundo o depoimento de um dos acusados do crime, o outro acusado teria dito que não iria perder a viagem e atirou. O crime ocorreu na frente da mãe dele. Maria Luiza Lins ainda tentou impedir a morte do filho, mas foi empurrada pelos bandidos.

Mais Lidas