Policial militar é acusado de estuprar mulher em Barra de Jangada, Jaboatão


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/10/2012 às 7:55
Leitura:
Do Redator de Plantão Um policial militar do 6º Batalhão é acusado de estuprar mulher em Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes, Região Metropolitana Recife. O caso de violência sexual está sendo investigado pela corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS). A vítima tem 28 anos e terá o nome preservado por temer represálias dos envolvidos no episódio. No depoimento, ela contou que estava sozinha num bar quando um grupo de rapazes iniciou a confusão. A mulher revelou que teve o dinheiro furtado e que chegou a acionar uma viatura da PM sem sucesso. Depois, a vítima decidiu procurar um posto de policiamento ostensivo de Barra de Jangada, onde havia apenas uma dupla. Com o veículo da corporação, os dois levaram a cliente do bar e em seguida iniciaram uma ronda para localizar os suspeitos. No entanto, a viatura foi até um ponto deserto da praia de Barra de Jangada, na madrugada do sábado (13). Com a arma apontada para a cabeça a mulher foi obrigada a fazer sexo oral num dos policiais militares. Bastante emocionada, a vítima relembra os momentos mais dramáticos do abuso sexual sofrido: E permanecem sem identificação no Instituto de Medicina Legal (IML) em Santo Amaro, os corpos de duas mulheres mortas a facadas. Elas foram encontradas no interior da residência de número 178 da Rua Setenta e Dois, em Maranguape II, em Paulista (RMR).

Mais Lidas