Relatório solicita ampliação de ações emergenciais à cidades atingidas pela seca


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/10/2012 às 15:50
Leitura:
Da Rádio Jornal O Comitê Integrado de Enfretamento da Estiagem enviou a Procuradoria Jurídica de Apoio ao Governo de Pernambuco um relatório climático que aponta a situação dos 56 municípios do sertão pernambucano atingidos pela seca deste ano. O documento elborado pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) solicita que o prazo que estipula o decreto de emergência dessas cidades seja ampliado. O decreto inicial expira no fim do mês de outubro e garante ações emergenciais aos municípios. O relatório da Apac aponta ainda que a estiagem deste ano foi a pior das últimas quatro decadas. Em entrevista ao programa CBN Recife, o secretário de agricultura e reforma agrária, Ranilson Ramos, coordenador do Comitê de Enfretamento a Seca, explicou que mesmo o decreto tendo vigência de 180 dias, esse prazo pode ser reduzido, caso o nível das chuvas volte a normalidade no sertão. Até o momento, 122 municípios pernambucanos já decretaram estado de emergência. Ao todo, um milhão, cento e cinquenta mil pessoas estão sendo atingidas. Abaixo, reportagem de Everson Texeira, da Rádio JC / CBN

Mais Lidas