Ex-comissário acusado de assassinar professora é preso na frente da casa da sogra


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/10/2012 às 8:11
Leitura:
Da Rádio Jornal Foi preso, na noite desta quarta-feira (17), o ex-comissário de polícia Eduardo Moura Mendes, 51 anos. Ele é acusado de assassinar, com oito tiros, a ex-mulher Izaelma Cavancante, na época com 36 anos. O crime ocorreu em dezembro de 2011. O suspeito foi detido na Cidade Tabajara, em Olinda, Grande Recife, quando tentava ver o filho de cinco anos, na casa da mãe da vítima. Saiba mais no flash de Handerley Souza, especial para a Rádio JC/CBN. Na época do assassinato, o então namorado da vítima, que preferiu não ser identificado, denunciou o ex-companheiro de Izaelma como principal suspeito do crime. Como prova da acusação, o namorado da vítima apresentou o áudio de uma discussão entre Izaelma e Eduardo, gravado pelo celular durante uma ligação não finalizada. Na gravação, seria possível identificar a professora pedindo socorro.

Mais Lidas