Engenheiros de pesca fazem manifesto para pedir melhores condições na pesca industrial


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 19/10/2012 às 19:12
Leitura:
Da Rádio Jornal Uma comissão formada por engenheiros de pesca vai encaminhar na próxima semana ao Ministério da Pesca e Aquicultura, em Brasília, um manifesto que pede melhores condições de trabalho nas navegações de pesca industrial. A inciativa foi desencadeada após o naufrágio de um barco, ocorrido no último dia 3 de outubro, na divisa entre Pernambuco e Paraíba. Na ocasião, a embarcação Horizonte Segundo explodiu, deixando 9 tripulantes a deriva. Deles, sete foram resgatados. Dois continuam desaparecidos. Entre eles, o engenheiro de pesca pernambucano Rivaldo Soares de Souza Lima Segundo, de 31 anos. O manifesto foi elaborado por amigos do engenheiro. Nesta sexta-feira (19), eles deram um abraço simbólico no Departamento de Pesca da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Além de Rivaldo Soares, o pescador Flávio Antônio Patriota, continua desaparecido. As buscas da capitania dos portos foram suspensas na última quinta-feira. Saiba mais no flash de Éverson Teixeira, da Rádio JC / CBN

Mais Lidas