Ministério Público investiga municipios do estado sobre serviços públicos


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/10/2012 às 15:50
Leitura:
Da Rádio Jornal Sobe para cinco o número de municípios investigados pelo Ministério Público de Pernambuco para averiguar a descontinuidade de serviços públicos e exoneração em bloco de funcionários, depois das eleições.A prefeitura de Belo Jardim, no Agreste pernambucano, também começou a ser investigada. Os casos estão sendo analisados pelo promotor Marcelo Tebet, que vai avaliar se há descontinuidade de serviços públicos com essas demissões. Ele vai enviar nesta quarta-feira (24), uma notificação ao prefeito da cidade para que informe se há exonerações, a quantidade e quais áreas da gestão estão sendo afetadas. Os desligamentos atingiriam servidores com contratos temporários ainda em vigor e ocupantes de cargos comissionados vinculados às secretarias de educação, saúde e serviços públicos. Em Lajedo, Pesqueira, Bezerros e Agrestina, os promotores já avaliam denúncias desse tipo, que incluem desabastecimento de hospitais e postos de saúde e demissão de professores, mesmo com o ano letivo pendente.

Mais Lidas