Mês de novembro começa com uma série de protestos pelas ruas do Centro do Recife


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/11/2012 às 7:18
Leitura:
Do Redator de Plantão Atualizada às 10h16  O mês de novembro começa com uma série de protestos. Os servidores estaduais prometem suspender as atividades nesta quinta-feira (1º) com enfase nas escolas, nos ambulatórios e nas repartições públicas. Além da greve de advertência, os trabalhadores vão realizar um ato público no cruzamento da Rua da Imperatriz com a Rua do Hospício, no Centro do Recife, a partir das 9h De acordo com os servidores, a data do protesto é simbólica, pois faltam dois meses para o prazo final de apresentação de projetos à Assembléia Legislativa. Os trabalhadores se queixam do valor do vale alimentação em R$ 7 e  das diárias pagas para viagens a serviço. A categoria também denuncia as dívidas do Estado com clínicas e hospitais credenciados ao Sassepe. Já às 10h, tem início um ato público na frente da sede da Chesf, no bairro de San Martin, no Recife. Intitulado grande ato em defesa da Chesf, o protesto tem como objetivo chamar a atenção da sociedade. Os urbanitários denunciam que o pacto de redução de tarifas proposto pelo Governo Federal irá invibializar o setor elétrico. Rafael Carneiro, repórter da Rádio Jornal, esteve no Centro da cidade, acompanhando a mobilização dos servidores do Estado.

Mais Lidas