Vítimas da ditadura militar enterradas no Recife são lembradas no Dia de Finados


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/11/2012 às 15:12
Leitura:
Da Rádio Jornal Para celebrar o Dia de Finados, a Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã do Recife promoveu uma cerimônia em homenagem as vítimas de perseguição e tortura no período da Ditadura Militar. Na ação ocorreu a instalação de placas com os nomes de 13 pessoas sepultadas nos cemitérios públicos da cidade. No maior cemitério público do estado, cerca de 30 mil pessoas eram aguardadas e a movimentação começou logo com a abertura dos portões. Entre os túmulos mais visitados estavam os de nomes da política como o do governador Miguel Arraes de Alencar e o de Joaquim Nabuco, assim como o do cantor Chico Science. As homenagens e orações aos mortos encheram o espaço de visitantes que aproveitaram as missas celebradas na capela central . O túmulo da menina sem nome atraiu várias pessoas que lhe presentearam e acenderam velas em agradecimento a benefícios atribuídos a ela. O cemitério finciona até às 18h. Ouça a reportagem de Rafael Carneiro, da Rádio Jornal

Mais Lidas