Vestibular seriado da UPE termina e alunos reclamam da prova de química


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/12/2012 às 16:19
Leitura:
Da Rádio Jornal O segundo dia de provas do vestibular seriado da Universidade de Pernambuco (UPE) foi considerado tranquilo. O sistema, que permite o ingresso de feras a partir de uma avaliação durante o ensino médio, recebeu 23 mil inscritos nesta edição. No domingo, quando os candidatos responderam provas de língua portuguesa, matemática, física, língua estrangiera e filosofia o número de faltosos foi de 1.700 jovens. O balanço total ainda não foi divulgado pela Universidade, mas, de acordo com a presidente da Comissão de Concursos Acadêmicos da UPE, Isabel Avelar, o inídice de abstenção deve se manter na média dos anos anteriores. Nesta segunda-feira (10), os estudantes responderam 46 questões. As provas foram de biologia, química, história, geografia e sociologia. Outra queixa entre os estudantes foi a prova de química que para muitos, independente da área que pretendem seguir, foi confusa. Na frente da Escola Politécnica, a Poli, no bairro da Madalena, Zona Oeste do Recife, a concentração de estudantes e parentes pela manhã, chamava a atenção, como de costume. Poucos minutos antes do fechamento dos portões, feras se apressavam em encontrar os locais de prova, e apenas os pais, arriscavam conversar com a reportagem. O médico Antônio Mesquita estava ansioso pelo filho, que estava fazendo o vestibular pela primeira vez. O resultado do vestibular seriado desta edição deve ser divulgado até 28 de fevereiro. Saiba mais na reportagem de Karoline Fernandes, da Rádio JC / CBN

Mais Lidas