Violência sexual contra criança de seis anos em escola particular em Tamandaré


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/12/2012 às 7:39
Leitura:
Do Redator de Plantão Violência sexual contra criança de seis anos em escola particular em Tamandaré, Mata Sul do Estado, põe em xeque trabalho do Conselho Tutelar. A menina contou aos parentes que havia sido molestada por colegas, inclusive na região genital. A família diz que ao levar para um hospital foi identificada uma lesão na vagina da aluna do ensino infantil. Os pais procuraram a diretora da escola, que negou a violência sexual e insinuou o envolvimento do companheiro da avó da criança. Os familiares reclamam que o Conselho Tutelar, em nenhum momento, prestou qualquer tipo de assistência. A menina foi submetida a exames no Instituto de Medicina Legal, do Recife, e o resultado está em poder da polícia. A avó da vítima, que não terá o nome divulgado em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente, reclama: O Conselho Tutelar de Tamandaré nega as acusações de omissão e diz que está, sim, tomando todas as providências necessárias.

Mais Lidas