Conselho Federal de Medicina proibe práticas da medicina molecular

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/12/2012 às 12:04
Leitura:
Da Rádio JC News O Conselho Federal de Medicina decidiu manter as restrições à prática da medicina molecular no Brasil. Está proibida a prescrição de megadoses de vitaminas, proteínas, sais minerais e lipídios para a prevenção de doenças ou o uso de ácido édita para evitar o envelhecimento. Esses produtos eram indicados em consultórios de tratamentos ortomoleculares, mas há dois anos foram proibidos pelo Conselho Federal de Medicina, por não terem a eficácia e segurança comprovadas cientificamente. Saiba mais sobre a proibição das megadoses na coluna Saúde em Foco.

Mais Lidas