Disputa pelo Parque Aza Branca tira um pouco do brilho das comemorações de Luiz Gonzaga


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/12/2012 às 11:00
Leitura:
Da Rádio Jornal O último dia da festa do centenário de Luiz Gonzaga, em Exú, Sertão do Estado, começou logo nas primeiras horas deste domingo (16). Cerca de 250 pessoas assistiram embaixo do famoso juazeiro uma missa no Parque Aza Branca, celebrada pelo Bispo da Diocese de Salgueiro, Dom Magnus Henrique Lopes. Entre as lembranças do Rei do Baião estava a preocupação quanto ao futuro do Parque Aza Branca. O local da casa onde o velho Lua residiu, objetos pessoais e o mausoléu onde ele está enterrado. Na última quinta-feira (13), o governador Eduardo Campos avisou aos familiares que administram o local que planeja expropriar o Parque. Saiba mais no flash de Carlos Miguel, da Rádio Jornal.

Mais Lidas