Preso empresário acusado de assassinar vigia de rua durante perseguição, em Boa Viagem


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/12/2012 às 7:15
Leitura:
Do Redator de Plantão Atualizada às 10h  Já está no Cotel, em Abreu e Lima, Grande Recife, empresário acusado de assassinar vigia de rua durante perseguição policial, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Abraão do Nascimento Lins, 23 anos, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado neste domingo (16). Ele matou a tiros Claibson Beltrão do Nascimento, 32 anos, casado e pai de dois filhos menores de idade. A vítima que não andava armada trabalhava na segurança particular da Rua Usinha Nunes, em Setúbal, Zona Sul do Recife. De acordo com a polícia, tudo começou num restaurante, após o empresário se desentender com outros clientes. Abraão do Nascimento Lins chegou a empunhar um revólver calibre 38 durante o bate boca, enquanto a PM era acionada. Ele foi localizado minutos depois dando início a uma fuga que seria interrompida pelo vigia de rua em frente ao Edifício Atlanta. Romildo Andrade, soldado do 19º batalhão admite que o acusado estava desorientado: A polícia informa que Abraão do Nascimento Lins aparentava sinais de embriaguez na hora da abordagem. O empresário do ramo de importação de produtos de informática possui antecedentes criminais por conta da acusação de estelionato. O corpo de Claibson Beltrão do Nascimento, que trabalhava como vigia de rua há quinze dias, será sepultado nesta segunda-feira (17). Flávio Pessoa, Delegado da Força Tarefa de Homicídios do DHPP afirma que o acusado tentou se justificar: O repórter Rafael Carneiro, da Rádio Jornal, esteve logo cedo, nesta segunda-feira, no Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, área central do Recife.

Mais Lidas