Atingidos pela seca no estado precisam ficam atentos à qualidade da água


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/12/2012 às 16:39
Leitura:
Da Rádio Jornal A seca que atinge o Nordeste é a pior dos últimos 50 anos. Além da perca de gado e da falta de alimentos que vem prejudicando os agricultores da região, outro problema afeta a população é a contaminação das águas. Nessa época, os sertanejos recorrem à açudes que estão com baixo nível de água. Isso faz com que aumentem a concentração de bactérias que acabam se reproduzindo com mais facilidade. Com a seca, é comum o envio de carros-pipa. Todo o cuidado é pouco, pois em muitos casos a fonte das empresas é desconhecida. O líquido em questão pode estar contaminado e até mesmo causar vários tipos de doenças. A gerente de vigilancia de riscos ambientais da Secretaria Estadual de Saúde, Danielle Ferreira, dá detalhes de como a população pode se prevenir das águas contaminadas. A coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco, Codecipe, também está engajada para evitar que a água desse período chegue com algum problema ao povo sertanejo. O coordenador do órgão, Ten. Cassio Sinomar fala sobre as ações da Codecipe. Saiba mais na reportagem de Marcelo Barreto, especial para a Rádio Jornal

Mais Lidas