Polícia Federal divulga balanço da campanha de desarmamento em Pernambuco


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/12/2012 às 19:32
Leitura:
Da Rádio Jornal Com informações do JC Online A Polícia Federal de Pernambuco divulgou o balanço da Campanha do Desarmamento realizada entre 2011 e 2012. Após quase 2 anos de realização, mais de 3 mil armas foram recebidas pela polícia do Estado. Além disso, os cidadãos pernambucanos entregaram mais de 9 mil munições. Com 3.055 armas recolhidas, a PF recebeu cerca de 38 armas por semana e quase cinco por dia. As mais comuns foram revólveres, espingardas e pistolas. Das 9.695 munições recebidas, as mais comuns foram as de calibre 38. Junto com o balanço parcial, a PF divulgou algumas alterações na campanha. A nova fase entra em vigor ainda em dezembro deste ano e vai focar nas famílias brasileiras. A grande novidade é o aumento do valor das indenizações, que passam a variar de R$150,00 a R$450,00. A população pode fazer as entregas nos postos da Polícia Federal em Recife, Caruaru e Salgueiro. Também recebem as armas o posto da Polícia Rodoviária Federal do Pina, Zona Sul do Recife; o Fórum da cidade de Caruaru e mais 22 postos da Polícia Militar. Para entregar a sua arma, é preciso preencher uma guia de trânsito no site da campanha antes de fazer a entrega. Com esse documento, é possível transportar o revólver sem correr o risco de ser autuado, desde que ele seja carregado de forma discreta e sem munição. A indenização é entregue no dia depois da entrega, em qualquer terminal eletrônico do Banco do Brasil. Além das armas de fogo também são recebidas munições, armas de brinquedo, simulacros, armas artesanais ou de fabricação caseira. No entanto, apenas as armas de fogo são sujeitas ao pagamento de indenizações. As armas arrecadadas na campanha são enviadas para o exército afim de que seja procedida a sua consequente destruição. Ouça a reportagem de Débora Pereira, especial para a Rádio Jornal

Mais Lidas