Pernambucano é tetra na São Silvestre para cadeirantes e já projeta 2016


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/12/2012 às 8:09
Leitura:
Rafael Valente Da Folha de São Paulo » Atualizada às 9h tetra_inter O pernambucano Jaciel Paulino, 39, faturou o tetracampeonato da Corrida de São Silvestre para cadeirantes na manhã desta segunda-feira (31), com o tempo de 46min01s. Antes, Jaciel já havia vencido em 2007, 2009 e 2011. No ranking de campeões, ele está atrás de Fernando Aranha, pentacampeão, e do argentino Roberto, hexacampeão. Jaciel elogiou o percurso deste ano, que voltou a ter a chegada na avenida Paulista, e o horário da prova - a largada para cadeirantes foi às 6h50. "A prova ficou mais técnica. Não foi uma prova de velocidade. Geralmente provas planas exige velocidade e resistência. Provas com curvas exigem mais técnica. Levei vantagem na subida. Gostei bastante do percurso. E o horário está adequado ao padrão mundial", disse Jaciel. Por conta do horário da largada, os cadeirantes não foram assistidos pelo público. No horário da saída (também na avenida Paulista, mas próxima da rua Ministro Rocha Azevedo) não havia espectadores. "Ficou um pouco esvaziada de público mesmo. Senti falta mais na subida da Brigadeiro [Luis Antônio], onde geralmente o público incentiva os atletas na reta final", disse Jaciel. O cadeirante agora projeta a disputa da Maratona de Miami, dia 28 de janeiro, mas revelou que sua preparação é para disputar a Maratona dos Jogos Paraolímpicos de 2016, no Rio. "Não tem tempo para descanso. Eu vou parar hoje e amanhã, mas na quarta-feira (02) já retomo o ritmo dos treinos. A Maratona de Miami é o próximo desafio, mas estou visando 2016", finalizou Jaciel. NA RÁDIO JORNAL - Assim que soube da vitória do pernambucano, o comunicador da maioria, Geraldo Freire, conversou com o diretor do Clube Sobre Rodas, Leão, que coordenou com muita emoção essa participação de Jaciel Paulino na São Silvestre. Confira a conversa no link abaixo.

Mais Lidas