Polícia investiga origem do medicamento utilizado em golpe apreendido em Caruaru, Agreste


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/01/2013 às 13:13
Leitura:
Da Rádio Jornal De acordo com os profissionais de saúde, o Rupinol é um remédio utilizado para induzir o sono. Misturado a bebida alcóolica pontencializa o efeito, o que pode colocar em risco a vida de quem o ingeriu. A polícia diz que os criminosos aproveitam o descuido das vítimas para praticar os crimes nos bares. Adriana Maria da Silva, de 22 anos e Viviane Gonçalves Leite, de 26 anos, são moradoras de Pesqueira, Agreste de pernambuco. Elas foram presas na última sexta-feira (04) nas proximidades da rodoviária de Caruaru, também no Agreste, com doze cartelas de Rupinol. Cada comprimido seria vendido a R$ 2,50 provavelmente para a prática do Boa Noite, Cinderela. José Carlos de Lima, comissário da delegacia de plantão de Caruaru, afirma que as acusadas não tinham como escapar. Escute.

Mais Lidas