Momento Quaresmal renova a fé dos católicos nesta Quarta-feira de Cinzas

Da Rádio Jornal

Do NE10 A Quarta-feira de Cinzas não é apenas um dia em que o folião se nega em deixar o Carnaval ir embora. O dia tem um significado muito mais profundo para os fiés da Igreja Católica: este é o marco para o início da Quaresma. A partir desta quarta-feira (13), os católicos devem passar por um período de 40 dias de penitências, reflexões e orações. Ao final desse período, a comunidade católica inicia os festejos da Semana Santa. De acordo com o teólogo Biu Vicente, professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), esses 40 dias de renúncias que o católico deve fazer são uma alusão aos 40 dias que Jesus vagou no deserto antes de começar sua peregrinação. "Hoje em dia não faz mais sentido fazer abstinência de carne, isso era nos tempos da Idade Média. Atualmente é mais sigficativo se abster, ou fazer jejum, de coisas que você gosta muito, como fumar, comer doces, etc", explicou o teólogo. Biu Vicente comentou ainda que a renúncia do papa Bento 16 deve fazer com que os católicos repensem suas atitudes, como o compromisso de cada um junto com Deus e a Igreja. "A atitude do papa foi de uma grande humildade. Isso deve fazer o católico rever seus atos com tamanha humildade", declarou. O teólogo explicou ainda que nesta Quarta-feira de Cinzas, as igrejas de todo Brasil celebram a Missa de Cinzas. Durante a cerimônia, os padres marcam a testa do fiés com cinzas e dizem a seguinte frase: "Lembra-te ó homem que tu és pó e ao pó retornarás". Os dizeres, segundo Biu Vicente, são apenas um lembrete após os dias de Carnaval, "período em que a felicidade parece não ter fim". Para a Arquidiocese de Olinda e Recife, a programação oficial da Missa de Cinzas conta com uma celebração presidida pelo Arcebispo Dom Fernando Saburido. A cerimônia acontecerá, às 15h, no Centro de Internação Provisória de Menores Infratores da Funase, bairro do Bongi, onde será lançado o tema da Campanha da Fraternidade 2013.

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO