Náutico ainda não apresentou bom futebol mas venceu por 3x0 e continua líder


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/03/2013 às 22:01
Leitura:
rogerio_RL_400 Rogério foi o autor do primeiro gol do Timbu. Foto: Rodrigo Lôbo/JC Imagem Da Rádio Jornal Mesmo não apresentando um bom futebol no segundo tempo, Élton marcou dois gols em menos de três minutos para o Náutico. O primeiro foi de pênalti e o segundo ao encontrar o gol do Belo Jardim aberto depois de uma jogada de Vinícius Pacheco. Belo Jardim jogou bonito mas não finalizou bem. PRIMEIRO TEMPO - O jogo começou com ataque forte dos dois lados. Josa fez uma falta antes dos 5 minutos de bola rolando e Elicarlos quase faz um gol. Não demorou muito para o Náutico abrir a partida. Desta vez, Rogério marcou o gol aos 7 minutos aproveitando uma falha da defesa do Belo Jardim. Os alvirrubros foram ao delírio com o primeiro gol da partida. O time do Belo Jardim começou saindo para o ataque e deu espaço para o Náutico marcar. Enquanto a torcida alvirrubra gritava vamos vencer, Náutico, os jogadores em campo marcavam a saída de bola do time do Agreste. Alguns minutos antes de terminar o primeiro tempo, o técnico Vágner Mancini se mostrou insatisfeito com o meio campo apesar da vitória. Ele tirou Josa e colocou Jones Carioca como terceiro atacante para tentar criar mais jogadas com chance de gol. SEGUNDO TEMPO - O segundo tempo começou com pressão do Náutico depois da mudança tática mas o Belo Jardim estava com jogo superior ao do Timbu. Aos 11 minutos, Luciano saiu para a entrada de Muller no time do Agreste. Já no Timbu, saiu Giovanni e entrou Vinícius Pacheco. Pouco depois de entrar, Muller teve a chance de empatar para o Belo Jardim ao receber a bola dentro da grande área mas chutou mal. Pelo Náutico, Vinícius Pacheco entrou na área pela esquerda e chutou cruzado num erro de Júnior Maranhão, Eduardo Eré cortou. O rendimento do Náutico parece que foi sumindo aos poucos enquanto o Belo Jardim crescia com Muller. Num lance incrível, ele passou para a grande área pela esquerda e foi interrompido por uma grande defesa de Felipe. No rebote, Yanick deu um chute forte de fora da área e o goleiro alvirrubro mais uma vez salvou o time. O Náutico levou sufoco do Belo Jardim e a sorte foi que a marcação mostrou um melhor desempenho que no último jogo, contra o Salgueiro. Não foi suficiente para deixar o time tranquilo, no entanto. Aos 33 do segundo tempo, Élton dominava a bola e foi derrubado na pequena área por Pintado, e ganhou o pênalti. Ele mesmo bateu e marcou o segundo do Náutico. Pouco depois aproveitou a jogada de Vinícius Pacheco, viu o gol do Belo Jardim sem goleiro e mandou para o fundo da rede. O primeiro tempo da partida terminou com uma boa defesa de Felipe numa jogada ensaiada do Belo Jardim. No segundo tempo, amarelos para Eduardo Eré, Elicarlos. Em mais uma falta grave, Pintado foi expulso aos 42 minutos. O Belo Jardim teve que terminar o jogo com um a menos. A arbitragem cometeu alguns erros marcando impedimentos que não existiram. FICHA DA PARTIDA Náutico - Felipe; Maranhão, Luís Eduardo, Jean Rolt e Douglas Santos (Bruno Collaço); Elicarlos, Marcos Paulo, Josa (Jones Carioca) e Giovanni (Vinícius Pacheco); Rogério e Élton. Técnico: Vágner Mancini. Belo Jardim: Romero; Felipe Almeida, Alenílson, Eduardo Eré e Fernandinho (Pintado); Madson, Júnior Maranhão (Candinho), Douglas e Yanick; Luciano (Muller) e André Recife. Técnico: Leivinha. Pernambucano Coca-Cola. Local: Aflitos. Árbitro: Wagner Cabral. Assistentes: Roberto José e Francisco Chaves. Gols: Rogério (N) aos 7 minutos do primeiro tempo; Élton, duas vezes, aos 35 e 36 minutos do segundo tempo. Amarelos: Marcos Paulo (N), Luciano (BJ), Elicarlos (N), Eduardo Eré (BJ), Elicarlos (N). Vermelho: Pintado (BJ). Público: 7.795. Renda: R$ 62.427. Ouça os gols da partida:

Mais Lidas