Quatro pessoas assassinadas dentro de residência na praia de Jacumã, em João Pessoa


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/03/2013 às 23:10
Leitura:
Da Rádio Jornal Com informações do NE10 Três mulheres e um homem foram mortos na manhã deste sábado, na praia de Jacumã, em João Pessoa, dentro de uma residência. A polícia acredita que o crime foi premeditado. As vítimas foram Ivânia Tavares Pessoa, de 34 anos, mulher de Ednaldo, dono da casa ; Jaemerson Ferreira da Silva, 26, sobrinho de Ednaldo; Danielle Maria da Paz, 15; e a última identificada apenas como Renata. As primeiras informações dão conta de que os assassinatos aconteceram da seguinte forma: Josélia Vicente da Silva, 51, que mora em Itapissuma, na Mata Norte de Pernambuco, teria recebido uma mensagem em seu celular informando que o irmão dela, Ednaldo Vicente da Silva, dono da casa onde aconteceu o crime, havia sofrido um acidente de moto e estava em estado grave. Ela foi seguiu para a Paraíba junto com o marido, Severino Ferreira da Silva, de 52 anos, o filho, Jaemerson Ferreira da Silva, e com a nora, uma adolescente de 15 anos. Ao chegar a casa, eles foram rendidos por cerca de quatro homens e levados para os fundos da casa onde ficaram amarrados. Com as mãos atadas, eles viram Jaermerson ser levado e executado pelos suspeitos. Logo depois, ouviram mais três disparos, aparentando estar mais longe. Severino teria conseguido se soltar das amarras e desamarrado a esposa e a nora. Ao entrar na casa, encontraram o filho, Jaermerson e a sobrinha de Josélia, Danielle Maria da Paz, 15, mortos. Em frente à casa, dentro de um carro, estavam a esposa de Ednaldo, Ivânia, gravemente ferida e a amiga, Renata, morta. Ivânia foi socorrida pelo Samu mas não resistiu aos ferimentos. O dono da casa, Ednaldo, ainda está desaparecido. A polícia acredita ainda que a casa servia como ponto de drogas e acredita que o crime esteja ligado ao tráfico. Os corpos foram levados para a Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol). A Polícia Civil vai investigar o caso.

Mais Lidas