Ações para dar condições de convivência com o semiárido são fundamentais

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/03/2013 às 12:11
Leitura:
Da Rádio JC News Recife A atual situação das famílias agricultoras do Nordeste, que vivenciam as consequências da maior estiagem dos últimos 40 anos, tem comprovado a necessidade de que sejam implementadas ações estruturantes que possam estabelecer condições sustentáveis de convivência com o semiárido. Diante dessa conjuntura, movimentos e organizações da sociedade civil produziram um conjunto de Diretrizes de Convivência com o Semiárido. O documento será entregue na próxima semana aos governos e ao Poder Legislativo nos níveis municipais, estaduais e federal. O objetivo é contribuir com a construção de políticas públicas direcionadas a essa região. As diretrizes apresentadas estão relacionadas aos seguintes eixos: tecnologias sociais; fortalecimento da infraestrutura hídrica e saneamento; reforma agrária e regularização fundiária; política agrícola; assistência técnica e extensão rural; educação contextualizada; soberania e segurança alimentar e nutricional; meio ambiente; e povos e culturas. Mário Neto conversa com o presidente da Fetape, Doriel Barros. Ouça.

Mais Lidas