Polícia deve concluir em 30 dias inquérito sobre morte de bebê de cinco meses


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/03/2013 às 19:24
Leitura:
Da Rádio Jornal A Polícia deve concluir em 30 dias as investigações em torno da morte do bebê de 5 meses encontrado pelo pai, o biscateiro Jackson Anastásio da Silva, de 29 anos, na manhã desta terça-feira no barraco onde morava, no Alto dos Coqueiros, bairro da Linha do Tiro, Zona Norte do Recife. A criança, desacordada, foi levada para uma policlínica, onde uma médica de plantão levantou a suspeita de abuso sexual contra a bebê, o que causou revolta na comunidade. Jackson quase foi linchado, e teve o barraco destruido por vizinhos. No Instituto de Medicina Legal, a possibilidade de estupro foi descartada após exame sexológico. Nesta quarta-feira, uma prima do rapaz, Janaina Alves, contou que a família espera que os moradores ajudem  a reconstruir o barraco onde Jackson morava, após o mal-entendido. O delegado responsável pelas investigações, Vitor Hugo, diz que a polícia aguarda laudos para concluir as investigações. O sepultamento do corpo do bebê aconteceu no final da manhã, no Cemitério de Beberibe. Saiba mais na reportagem de Karoline Fernandes, da Rádio JC / CBN

Mais Lidas