Sesc Piedade, em Jaboatão, promove culto e palestras contra violência à mulher


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/03/2013 às 18:25
Leitura:
Da Rádio Jornal O Sesc de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, recebeu nesta segunda-feira (18) um culto ecumênico em homenagem a ex-funcionária do local, Claudiane Ferreira da Silva, de 29 anos, morta dentro da unidade, em um crime passional, ocorrido no dia 9 de março. A ação marcou o lançamento de uma campanha que visa combater a violência contra a mulher. Após o culto, foi ministrada uma palestra que alertava às mulheres sobre a importância da denúncia contra a violência. No caso de Claudiane, ela foi morta pelo vigilante do Sesc Piedade, Fábio Mateus, de 37 anos. Eles possuiam um relacionamento extraconjungal e o vigia não aceitava o fim da relação. Após assassinar a funcionária, dentro de um dos banheiros, ele cometeu suicídio. Saiba mais no flash de Everson Teixeira, da Rádio JC / CBN

Mais Lidas