Santa Casa de Misericórdia paralisa parte de suas atividades na segunda-feira


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 05/04/2013 às 15:30
Leitura:
Do JC Online A Santa Casa de Misericórdia do Recife, no bairro de Santo Amaro, área central da cidade, funciona em regime especial na próxima segunda-feira (08). A unidade de saúde vai paralisar parte de suas atividades em protesto contra o baixo financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS). Nesse dia, só serão realizados procedimentos de urgência. Todos as atividades eletivas previamente agendadas para segunda-feira foram canceladas. O mesmo acontece em outras casas filantrópicas do país. A manifestação é organizada pela Confederação das Santas Casas, em parceria com as Frentes Parlamentar e Estaduais de Apoio às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos. Com a ação, o hospitais filantrópicos pretendem levantar a discussão sobre o financiamento do SUS. Eles explicam que o Governo deve pagar por cada procedimento realizado na rede de saúde pública. No entanto, os hospitais só recebem cerca de 60% do valor total gasto. Essa situação coloca em risco a qualidade e a sobrevivência dos hospitais filantrópicos, que destinam mais de 90% da sua capacidade de atendimento a pacientes do SUS. O pedido da Confederação das Santas Casas é que essas unidades de saúde recebam 100% da verba utilizada na realização dos procedimentos médicos. O movimento Tabela SUS - Reajuste Já existe desde 2012 e promove ações para mobilizar a sociedade em prol da causa dos hospitais filantrópicos. A organização explica que a paralisação não pretende prejudicar os pacientes, mas garantir a qualidade dos centros de saúde.

Mais Lidas