Mesmo com formação ofensiva, Sport tem dificuldades para segurar o placar de 2 x 1 na Ilha


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/04/2013 às 21:18
Leitura:
Do Blog do Torcedor Mesmo com a formação bastante ofensiva, o Sport teve dificuldades para superar o Belo Jardim, no primeiro tempo de partida, na Ilha do Retiro. Mesmo assim, o Leão terminou os primeiros 45 minutos, vencendo por 2x1. Sem contar com Cicinho, Fábio Bahia e Tóbi, o técnico Sérgio Guedes surpreendeu na escalação. A formação mostrava que o Sport iria para cima do Belo Jardim. O primeiro gol fez com que o Belo Jardim saísse para o jogo e aí ficou evidente a deficiência do Sport. O time rubro-negro não apresentou consistência na marcação no meio de campo. As ausências de Fábio Bahia e Tóbi foram sentidas. O Belo Jardim, então, valorizou a posse de bola e arriscou chutes de fora da área. Os jogadores do Calango encontraram facilidade para chutar sem serem importunados pelos defensores rubro- negros. Foram quatro chutes defendidos por Magrão. No quinto, não deu. Aos 24 minutos, Muller bateu no ângulo, sem chances para o camisa 1 do Leão. O duelo ficou equilibrado e bem disputado. Até porque o Belo Jardim passou a gostar do jogo. Enquanto isso, o Sport não marcou no meio de campo, não valorizou a posse de bola e, por isso, encontrou dificuldades para sufocar o adversário. Somente nos minutos finais o Sport cresceu na base do abafa. Aos 44 minutos, Lucas Lima cruzou e Roger pegou de primeira e Romero espalmou. Ficou a impressão de que a bola já tinha ultrapassou a linha do gol. Mas, três minutos depois, o Sport balançou as redes. Reinaldo limpou a jogada e bateu forte, no ângulo, garantindo a vitória do Leão no primeiro tempo. Ouça os gols:

Mais Lidas