Fotógrafo do Jornal do Commercio é vítima da violência pós Clássico das Multidões


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/04/2013 às 8:15
Leitura:
Do Redator de Plantão briga_interna01 Fotógrafo do Jornal do Commercio é vítima da violência pós Clássico das Multidões, na Avenida Beberibe. A agressão está sendo investigada pela Polícia Civil, que vai analisar as fotos do episódio, na noite deste domingo (14). A reportagem do JC acompanhava os torcedores na saída do Estádio José do Rego Maciel, no Arruda. Em um trecho da Avenida Beberibe, cerca de dez rapazes atacaram dois jovens com a camisa oficial do Santa Cruz. briga 02_interna02 O detalhe é que entre os agressores havia um com uma roupa da Inferno Coral torcida organizada proibida de frequentar os gramados. Ao perceber que tinha sido fotografado, o grupo atirou pedras contra o carro do Jornal do Commercio. Os estilhaços atingiram o fotógrafo Guga Matos que registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia de Plantão de Santo Amaro. O repórter fotográfico afirma que foi atacado na covardia, sem qualquer possibilidade de defesa: briga 03_interna03 A diretoria do Sport deve decidir, nesta segunda (15), se vai acionar a polícia para o fato ocorrido, também na noite deste domingo (14), após o clássico com o Santa Cruz. No bairro da Madalena, o Vectra preto de placa KGM-6807 emparelhou com o ônibus que trazia os jogadores e uma pessoa apontou um revólver. O Juizado do Torcedor informa que foram apreendidos 204 cartões do Todos Com a Nota nas mãos de terceiros. Já o cambista Izael dos Prazeres vai responder a processo criminal na justiça por ser detido pela segunda vez.

Mais Lidas