Recifense está otimista com o futuro financeiro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/04/2013 às 10:47
Leitura:
Da Rádio JC News Recife O recifense está otimista com seu futuro financeiro. É o que mostra uma pesquisa divulgada neste domingo pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), que perguntou ao cidadão da capital sua opinião sobre o que ele espera de sua vida financeira e também, de forma geral, do futuro da vida no Brasil. Nos dois casos, cerca de 80% dos entrevistados esperam dias bem melhores nos próximos anos. Ainda segundo o levantamento, os mais otimistas estão entre 25 e 34 anos de idade. Para avaliar se a população está otimista ou pessimista, o IPMN perguntou primeiro aos entrevistados: "em relação ao passado, você acha que a sua vida financeira atual melhorou?". Para 65% a resposta foi positiva e 29% relataram não ter havido melhoras. Os mais otimistas foram adultos de 25 a 34 anos - 75% deles disseram ter uma vida financeira melhor. Mais duas perguntas foram feitas aos recifenses. A primeira questão foi: "com relação ao futuro, você tem a expectativa de que sua vida financeira irá melhorar?". A outra, parecida, questionou os entrevistados sobre a perspectiva com relação à vida no País, de forma geral. No caso da vida financeira, novamente os adultos de 25 a 34 anos são os mais otimistas: 88% acreditam que ela vai ficar melhor. Quando a questão é a "vida no Brasil", o sim é ainda maior entre os jovens de 16 a 24 anos. Sobre o assunto, Mário Neto conversou com o pesquisador e economista, Djalma Guimarães. Ouça.

Mais Lidas