Corredora pernambucana fala das explosões na Maratona de Boston, direto dos EUA


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/04/2013 às 8:15
Leitura:
Do Redator de Plantão Exclusivo: direto dos Estados Unidos, corredora pernambucana fala das explosões na Maratona de Boston. A corrida é uma festa na cidade com 617 mil habitantes e capital do estado de Massachusetts. No entanto, o clima em todo o território americano é de medo e apreensão por conta do episódio na tarde desta segunda-feira (15). As explosões quase simultâneas ocorreram cerca de três horas depois que os vencedores ultrapassaram a linha de chegada. A polícia americana, por enquanto, descarta a possibilidade de atentado na Biblioteca JFK, também em Boston, nesta segunda. Três pessoas morreram, sendo uma criança de oito anos, e cerca de 150 ficaram feridas. 131 brasileiros estavam inscritos na maratona, entre os quais a pernambucana Roberta Uchoa. A atleta, que trabalha na Universidade Federal de Pernambuco, afirma que tudo ocorreu em questão de minutos: O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez um pronunciamento dizendo que os responsáveis serão punidos. O FBI já iniciou as investigações e trata o episódio em Boston, desta segunda-feira (16), como atentado terrorista. A presidente Dilma Rousseff divulgou nota classificando o ato como insano as explosões na maratona. O universitário pernambucano Ruy de Deus explica que diante do cenário os americanos adotaram uma série de ações:

Mais Lidas