Náutico joga mal e deixa Copa do Brasil após empatar com Crac

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/04/2013 às 22:21
Leitura:
Da Rádio JC News Com informações do Blog do Torcedor Ao que parece o jogo de ida entre Náutico e Crac na semana passada, quando o Timbu foi engolido pelo adversário, não acabou. Nesta quinta-feira, nos Aflitos, pela partida de volta da Copa do Brasil, o Alvirrubro voltou a apresentar um mal futebol coletivo e terminou empatado em 1 x 1, para irritação da torcida presente. A bola mal havia sido posta em jogo e o Crac já tinha uma chance clara de gol. O zagueiro Luís Eduardo errou saída de jogo e deixou Danilo de cara para Felipe. A sorte do Timbu foi que o atacante do time de Goiás errou a finalização. Mesmo com mais posse de bola, o Náutico foi uma equipe sem criatividade e sem penetração na grande área. Ao Crac coube anular o Náutico e tentar os contra-ataques. O time de Goiás não teve muita qualidade para isso, é verdade, mas ainda assim conseguiu obter o gol. Aos 28 minutos, Jonathan aproveitou lançamento para a grande área, ganhou a dividida com Luís Eduardo e mandou para o fundo das redes. A conversa com o técnico Silas no intervalo parece não ter funcionado para o Náutico. A equipe voltou praticamente do mesmo jeito no segundo tempo. O Timbu seguiu apático e sem valorizar o toque de bola, enquanto o Crac seguiu equilibrado dificultando a saída de bola do adversário. O Timbu só vai dar uma leve melhorada com as entradas do meia Vinícius Pacheco e do lateral-direito Maranhão no lugar de Giovanni e Dadá respectivamente. No entanto, só dois jogadores não fazem um time vencer. Enquanto Maranhão e Vinícius queriam jogo, outros atletas, como o volante Martinez, por exemplo, tocavam a bola lateralmente. Além disso, o passar do tempo foi desanimando os jogadores do Náutico. Ainda assim, o time conseguiu o empate com Elton aos 41 minutos. Um gol que nem chegou a ser comemorado pelos torcedores. Ouça os gols. Ouça o comentário de Ralph de Carvalho FICHA DA PARTIDA - NÁUTICO 1X1 CRAC Náutico: Náutico: Felipe, Dadá (Maranhão), Luís Eduardo, Josa e Douglas Santos; Auremir, Martinez, Rodrigo Souto (João Paulo) e Giovanni (vinícius Pacheco); Rogério e Elton. Técnico: Silas. Crac-GO: Aleks; Carlos Sales, Bruno Alves, João Paulo e Rodrigo Crasso; Coquinho, William Amendoim (Thiago Sales), Washington e Jonathan (Robson Goiano); Danilo (Julian) e Pantico. Técnico: Hemerson Maria. Local: Aflitos. Árbitro: Italo Medeiros de Azevedo (RN). Assistentes: Ubiratan Bruno Viana (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN). Gols: Jonathan (Crac) aos 28 minutos do primeiro tempo; Amarelos: Pantico (C), Auremir (N), João Paulo (N), Washington (C) e Vinícius Pacheco. Público: 3.026 Renda: R$ 27.830.

Mais Lidas