Preço do tomate caí no atacado em Pernambuco. Valor deve diminuir mais


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/04/2013 às 17:54
Leitura:
Da Rádio Jornal tomate Puxado principalmente pela seca no Nordeste e pelas chuvas irregulares no sul do país, o preço do tomate, que sofreu uma alta impressionante nos últimos meses, já começa a ser vendido a preço mais baixo. Apontado como o vilão da inflação dos alimentos, o produto, pelo menos  no atacado, já vira alvo de promoções no Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa), no bairro do Curado, no Recife. Nesta quinta-feira (18), os comerciantes começaram a vender a caixa do tomate, com 25 quilos, por até R$ 45. Há pouco mais de um mês, a caixa chegou a custar quase R$ 200. Nesta semana, o ministro da Agricultura, Antonio Andrade, anunciou que o preço do tomate deve baixar mais em até 40 dias. Mas se para os consumidores, a expectativa é de alívio para o bolso, para os produtores do Agreste e Sertão pernambucano, a situação continua difícil. Os produtores contam que a safra caiu para um nível drástico. A expectativa é de que uma desaceleração já percebida nos últimos dias no atacado apareça em breve no varejo. Segundo o Índice de Preços ao Consumidor, a inflação do tomate foi de 8,55% para 15,77%, na passagem de março para abril. No ano, acumula alta de 90,77% e, em 12 meses, de 170,48%, de acordo com dados da Fundação Getúlio Vargas. Saiba mais na reportagem de Karoline Fernandes, da Rádio JC CBN

Mais Lidas