Depois da aprovação das contas da CBF, o triste destino do futebol brasileiro

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/04/2013 às 16:34
Leitura:
Da Rádio JC News Recife Sem dúvida, uma das imagens que marcaram a semana, foi o choro do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, por causa da assembleia geral. Ele se disse injustiçado e perseguido por parte da empresa brasileira. Ele afirmou que não teve nenhuma culpa nas acusações da ditarura militar. Ouça o comentário de André Luiz, no CBN Recife.

Mais Lidas