Reunião decide se Hospital Regional Dom Moura vai sofrer interdição ética


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/04/2013 às 10:13
Leitura:
Do Redator de Plantão Reunião, nesta terça-feira (23), no Cremepe, decide se Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns, vai sofrer interdição ética. O assunto começou a ser discutido em uma plenária, na noite desta segunda (22), na Sede do Conselho Regional de Medicina, no Recife. Entre as irregularidades denunciadas pelos profissionais de saúde que atuam no centro médico estão: plantões desfalcados nas áreas de ortopedia, pediatria e neonatologia; falta de materiais para cirurgias no bloco cirúrgico; ausência de transporte para remoção de pacientes; e ausência de suplementos para emergência e no bloco cirúrgico. A unidade de terapia intensiva está com o quadro defasado o mesmo ocorrendo com o neonatologista na maternidade. O médico Dimas Carvalho abre o verbo e revela o tamanho da precariedade no Hospital Regional Dom Moura: O secretário estadual de saúde Antônio Carlos Figueira não foi localizado pela reportagem para falar sobre o assunto.

Mais Lidas