Polícia aponta que estudante de medicina da UFPE pode ter cometido suicídio


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/04/2013 às 17:30
Leitura:
Da Rádio Jornal Está no  Instituto de Medicina Legal do Recife, o corpo do estudante de medicina da Universidade Federal de Pernambuco, Paulo Roberto Santos da Costa, de 29 anos. Por volta das 6h desta terça-feira, o pai encontrou a vítima desacordada na cama, em casa, no Bairro Novo, Olinda, Região Metropolitana do Recife. De acordo com a Polícia Civil, ao lado do corpo foram encontradas luvas cirúrgicas, três seringas e ampolas dos medicamentos Midazolan e Dormine, remédios para anestesiar pacientes. As investigações iniciais no local apontaram como causa da morte suicídio induzido. O delegado de plantão de Olinda, Ednaldo Carvalho, apurou com os famíliares do estudante que ele sofre de problemas psicológicos e faz uso de remédios controlados. Paulo cursava o 10º período de medicina e fazia residência, onde pode ter conseguido o acesso às medicações. Segundo testemunhas, o universitário  estudava muito e sofria de insônia.  As investigações  e desdobramentos do caso ficam sob responsabilidades da equipe de Crimes Violentos Letais Intencionais, CVLI de Rio Doce. Saiba mais na reportagem de Rafael Carneiro, da Rádio Jornal

Mais Lidas