Feriado do Dia do Trabalhador foi violento nas estradas pernambucanas


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/05/2013 às 16:37
Leitura:
Da Rádio Jornal O feriado do dia 1º de Maio foi violento nas estradas pernambucanas. A Polícia Rodoviária Federal registrou 5 mortes e 26 acidentes. Na média, um acidente a cada uma hora. O acidente mais grave foi resultante de um capotamento na BR-424, no município de Pedra, Agreste pernambucano. Leonardo Pereira da Silva, de 25 anos, conduzia um Gol quando colidiu com um objeto fixo e capotou o veículo no km 23 da rodovia. A vítima morreu na hora. Já em Pesqueira, na BR-232, mãe e filho morreram atropelados quando tentavam atravessar a estrada. Alessandra Lopes da Silva, de 38 anos, tentava atravessar a rodovia com o filho Erisson José da Silva, de 5 anos, quando foi atingida por um carro. Os dois morreram na hora. O motorista do veículo, José Carlos de Santana Almeida, 19 anos, não tinha carteira de habilitação e dirigia em velocidade acima do permitido para o local, que é de 60 quilômetros por hora. Ele foi autuado por homicídio culposo, sem intenção de matar, e vai ser recolhido ao Presídio de Pesqueira.

Mais Lidas