Polícia investiga morte de garota, em Paulista, que teria ingerido veneno de rato


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/05/2013 às 18:18
Leitura:
Da Rádio Jornal A delegacia do Varadouro, em Olinda, vai investigar as causas da morte de uma adolescente de 12 anos, na noite desta quarta-feira, em Jardim Paulista Alto, cidade do Paulista, no Grande Recife. A garota foi encontrada com quadro de salivação e perda de consciência, típicos de envenenamento. Ela chegou a ser socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Olinda, mas não resistiu após uma parada cardíaca. A ocorrência foi registrada na delegacia de plantão de Casa Caiada, em Olinda. As primeiras informações dão conta de que a menina teria ingerido o veneno conhecido como chumbinho, substância utlizada como raticida doméstico. O delegado de plantão, Ednaldo Carvalho, adiantou que a mãe da garota contou à polícia que a filha pode ter desenvolvido quadro depressivo. A polícia aguarda o laudo do Instituto de Medicina Legal (IML) que deve comprovar a morte por envenenamento causado pela ingestão do chumbinho. O o delegado esclarece que a hipótese de suicídio ainda é prematura. A venda e compra de chumbinho está proibida no mercado brasileiro desde outubro de 2012. Estimativas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apontam que o produto é responsável por quase  60 % dos oito mil casos de intoxicações humanas e em animais no Brasil. Saiba mais na reportagem de Karoline Fernandes, da Rádio JC CBN

Mais Lidas