Servidores municipais de Belo Jardim, Agreste, serão exonerados por nepotismo


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/05/2013 às 18:03
Leitura:
Da Rádio Jornal O Ministério Público de Belo Jardim, município no Agreste de Pernambuco, recomendou a exoneração de 14 servidores por nepotismo. Todos são parentes do prefeito da cidade, João Mendonça (PSD), e de de alguns vereadores. A decisão foi tomada após apuração de inquérito civil público, que identificou servidores municipais trabalhando em autarquias diretas e indiretas, ligadas a prefeitura e a vereadores da cidade. Os servidores ilegais que ocupam cargos tecnicos terão prazo de 72 horas para deixar a prefeitura, já os secretários municiapais serão exonerados em 15 dias, após o prazo da certificação da recomendação. Saiba mais na reportagem de Michele Veloso, da Rádio Jornal Caruaru

Mais Lidas