Congresso Mundial de Leishmaniose reúne profissionais e estudantes de saúde


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 16/05/2013 às 18:24
Leitura:
Da Rádio Jornal Cerca de duas mil pessoas, entre profissionais e estudantes de saúde, estão reunidos, desde a última segunda-feira, no IV Congresso Mundial de Leishmaniose, em Porto de Galinhas, no litoral sul de Pernambuco. O evento, organizado pela Sanofi, em parceria com o Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (Fiocruz), reuniu parte da imprensa brasileira, nesta quarta-feira (15), para anunciar os resultados de um Programa Multidisciplinar de Saúde, iniciado em 2003. O projeto, que contemplou a capacitação de profissionais e acompanhou o tratamento de pacientes, reduziu em 80% os casos de leishimaniose em cinco municípios do Agreste e Zona da Mata de Pernambuco. É importante ressaltar a importância do diagnóstico precoce da doença, já que os sintomas, como diarreia, febre e fraqueza, desenvolvidos na forma visceral, são confundidos com outros problemas de saúde. Em Pernambuco, o Imip, o Hospital das Clínicas e o Hospital Oswaldo Cruz são os centros de referência para tratamento da leishmaniose.  Os testes rápidos para diagnóstico da doença estão disponíveis no laboratório central. O IV Congresso Mundial de Leishmaniose segue até esta sexta-feira (17), em Porto de Galinhas. Saiba mais na reportagem de Karla Oliveira, da Rádio Jornal

Mais Lidas