Acusados de violentar sexualmente interno na Funase são transferidos para Cotel


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/05/2013 às 17:56
Leitura:
Da Rádio Jornal Já estão presos no Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana, os jovens Luciano Timóteo da Silva e Michael Francisco da Silva, de 18 anos. Os dois eram internos da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), do Cabo de Santo Agostinho, e são acusados de violentar sexualmente um jovem de 19 anos dentro da unidade. O crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira (24). Segundo informações, os suspeitos amarraram o pescoço do abusado com um lençol e se revezaram para praticar o ato sexual. De acordo com a vítima, os agressores  ficaram debochando dele. O crime foi identificado depois do jovem pedir assistência médica na Funase. O rapaz realizou um exame e foi constatado o abuso. Segundo o jovem violentado, já existia uma rixa entre ele e o Michael quando eles dividiam uma cela na unidade de socioatendimento de Paratibe, em Paulista. O fato, no entanto, é negado pelos dois suspeitos. Luciano e Michael foram internados na Funase por causa de tráfico de drogas e homicidio. Já a vítima estava há 2 meses lá por roubo. A assessoria da Funase não informou se o jovem violentado vai permanecer na unidade do Cabo de Santo Agostinho ou em outro centro, por medidas de segurança. Em nota, a Fundação ainda informou que um jovem foi espancado por outros seis reeducandos no Centro de Internação Provisoria, no bairro do Bongi, Recife. Ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Saiba mais na reportagem de Marcelo Barreto, especial para a Rádio Jornal

Mais Lidas