Indústria comemora seu dia embalada em perspectivas positivas

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/05/2013 às 9:53
Leitura:
Da Rádio JC News Recife Os empresários pernambucanos comemoram, neste sábado (25), o Dia da Indústria. Apesar das dificuldades enfrentadas pelo setor, a Federação das Industrias do Estado de Pernambuco, defende que há motivo para celebração. No período de 2002-2012, o PIB Pernambuco cresceu, em média, 4,2%, tendo o PIB industrial também atingido bom crescimento médio, com 4,7% no mesmo período, com destaque para a Construção Civil (+7,6%). Segundo Côrte Real, a perspectiva é que, ainda nesta década, o PIB Pernambuco chegue a R$ 170 bilhões, com a indústria representando 28% desse PIB, com valor aproximado de R$ 47 bilhões. Isso reflete a dinamização da economia do Estado, resultado, principalmente, da chegada de empreendimentos estruturadores, como a Refinaria, o Estaleiro, a Petroquímica Suape, além e outras, que somam mais de R$65 bilhões de investimentos, explica. Outro dado que entusiasma o setor, ressalta Côrte Real, é o relacionado aos empregos. Entre 2007 e 2012, foram gerados no Estado mais de 480 mil postos formais, sendo mais de 96 mil na Construção Civil e mais de 41 mil na Indústria de Transformação. O momento, alerta o presidente da Federação, também exige uma reflexão sobre os entraves enfrentados pelo setor produtivo. Precisamos mudar as ultrapassadas legislações tributária, fiscal, trabalhista; carecemos de mais investimentos em infraestrutura e, no caso das empresas locais, a fundamental importância de uma política de desenvolvimento regional que nos permita produzir em condições equânimes em comparação às empresas de outras regiões do país, afirmou. Sobre o assunto, Mário Neto conversa com o presidente da Fiepe e deputado federal pelo PTB, Jorge Corte Real.

Mais Lidas