Exercício ilegal da profissão de dentista está na mira do Conselho de Odontologia

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/05/2013 às 18:27
Leitura:
Da Rádio Jornal O Conselho Regional de Odontologia (CRO) está reforçando a fiscalização contra pessoas que exercem o serviço ilegal da profissão de dentista. Segundo a entidade de classe, atualmente existem apenas 2 fiscais com o objetivo de inspecionar possíveis irregularidades. O conselho anunciou que vai contratar mais 10 fiscais para atuarem na Região Metropolitana do Recife e no interior do estado. No final da tarde desta segunda-feira (27), a polícia realizou a prisão de uma técnica em saúde bucal que estava atuando como odontóloga em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana. Identificada como  Simone da Silva dos Santos, de 20 anos, ela trabalhava em uma clínica na Rua Major Celso da Câmara Lima, no bairro de Prazeres. Segundo informações, a polícia chegou até a acusada por meio de denúncias. O delegado de Prazeres, responsável pelo caso, Severino Farias, deu detalhes sobre a prisão. A mulher foi ouvida na delegacia e liberada depois de assinar um Termo Circunstancial de Ocorrencia, TCO, baseado no Artigo 282, do Código Penal. Caso seja condenada, ela pode pegar de seis meses a 2 anos de prisão. Quem quiser realizar denuncias deve ligar para a central do CRO: 3419. 4900. Saiba mais na reportagem de Marcelo Barreto, especial para a Rádio Jornal

Mais Lidas