Mulheres vencem as eleições suplementares em Santa Maria da Boa Vista e Primavera


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/06/2013 às 11:26
Leitura:
Do Redator de Plantão Mulheres vencem as eleições suplementares nos municípios de Santa Maria da Boa Vista e Primavera. Os candidatos mais votados no pleito de outubro do ano passado não chegaram a ser empossados em 1º de janeiro. Eles foram enquadrados na Lei da Ficha Limpa a Lei complementar 135/2010. Em Santa Maria da Boa Vista, a 611 quilômetros do Recife, a eleição, deste domingo (02), foi tensa. Populares chegaram a ser detidos, ao longo do dia, pela polícia militar, acusados de desacato e conduta inconveniente. Mais de cinco mil eleitores deixaram de comparecer entre os 27 mil aptos a votar. A prefeita interina, a presidente da câmara de vereadores eliane costa, do PSL foi eleita com 11.426 votos. Humberto Mendes (PTB) ficou com 9.518 votos e Antônio Pereira (PV) 471 votos. Neste domingo, também foi dia de eleição na cidade de primavera, na zona da mata sul, a sessenta quilometros do Recife. A votação ocorreu sem grandes problemas com apenas um homem preso acusado de fazer transporte clandestino de eleitores. Severina Moura Batista Peixoto, a Naza Pão com Ovo (PRTB) venceu com 4.226 votos. Galego do Gás (PR) teve 3.116 votos e Fernando Dentista (PDT), 223 votos. Mais de dois mil eleitores faltaram e nas urnas foram totalizados 168 votos nulos. O juiz eleitoral de Primavera, Hugo Bezerra de Oliveira, afirma que tudo correu sob controle sem excessos: No domingo, 07 de julho, é a vez dos eleitores de Brejo da Madre de Deus, no Agreste, escolherem o prefeito. O município de Água Preta, na Zona da Mata Sul, também terá eleição suplementar em data a ser definida.

Mais Lidas