Moradores do Conjunto Eldorado pretendem ficar no local caso não saia auxílio-moradia


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 04/06/2013 às 15:33
Leitura:
Da Rádio Jornal O drama dos moradores do Residencial Eldorado, em Água Fria, Zona Norte do Recife, completa 11 dias sem uma solução concreta. Os 14 blocos devem ser desocupados até próximo dia 14 de junho por conta do risco de desabamento, mas muitas famílias ainda não tem para onde ir. A especulação imobiliária é outro fator que complica a vida dos moradores, já que os preços dos aluguéis dispararam. A Prefeitura do Recife mobilizou o Ministério Público de Pernambuco para pressionar a Caixa Econômica Federal, banco que financiou os imóveis, a disponibilizar auxílio-moradia, mas o impasse continua. Na noite desta segunda-feira (03), moradores realizaram um protesto, para pressionar as autoridades. O abraço simbólico reuniu famílias de todos os blocos. Muitos moradores já ingressaram na  justiça para processar a Caixa Econômica Federal por danos morais. Desde 2009, uma ação movida pelo Ministério Público Federal, e que tem como réus, as prefeituras do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Vamaragibe, além da Caixa, tramita na justiça. O processo está no Tribunal Reginal Federal da quinta região. Ouça mais detalhes na reportagem de Karoline Fernandes, da Rádio JC CBN

Mais Lidas