Departamento de Estradas e Rodagem garante obras emergenciais na BR-101

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/06/2013 às 17:23
Leitura:
Da Rádio Jornal CARRO_INTERNA As condições da BR-101 no trecho entre o município de Paulista e Jaboatão dos Guararapes estão muito ruins. Pelo menos esta é a opinião de milhares de ouvintes da Rádio Jornal e internautas , que, nos últimos dias, tem procurado a mídia para expor o estado de conservação da rodovia. Nesta sexta-feira (07), a reportagem da Rádio Jornal foi conferir qual o panorama da estrada no trecho urbano. A BR 101 no sentido Norte-Sul, desde o bairro da Macaxeira até Tejipió. No caminho, muitos buracos, pontos de alagamento, e matagal que chega a cobrir a visibilidade de placas, fazem parte do cenário de quem precisa circular por este caminho. LEIA TAMBÉM - Depois das chuvas nos últimos dias, trafegar na BR-101 é sinônimo de prejuízo Na via onde deveria permanecer o fluxo de veículos em alta velocidade, o trânsito vagaroso e os prejuízos financeiros não são os únicos problemas. A falta de iluminação e segurança, abriu brecha para o aumento do número de assaltos. O chefe do serviço de engenharia do Departamento de Estradas de Rodagem (Dnit), Emerson Moraes, informou que a responsabilidade  dos serviços de conservação da BR foram repassados para o Governo do Estado, através de convênio no valor de R$ 125 milhões, desde dezembro último. No entanto, adiantou que serão executados serviços emergenciais, como a Operação Tapa-Buraco. O trecho da BR 101 entre Paulista e Jaboatão dos Guararapes foi contruído na década de 1980. As obras de revitalização prometidas pelo Governo do Estado na BR 101 no chamado contorno Recife tem previsão de durabilidade de cerca de 10 anos sem problemas, segundo informou o Dnit. Saiba mais na reportagem de Karoline Fernandes, da Rádio JC CBN

Mais Lidas