Arara azul criada como bicho de estimação é apreendida no bairro da Muribeca

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/09/2013 às 8:54
Leitura:
Da Rádio Jornal Foto: Reprodução/ TV Jornal Foto: Reprodução/ TV Jornal Ela tinha festa de aniversário, comia junto com a família na mesa e dormia numa cama. Não, ela não é uma pessoa, é a Arara Canindé Azul, que ganhou o nome de Bilie e pertencia à dona de casa Vera Lúcia Maria. Nessa terça-feira (17), quando a polícia realizava investigação no bairro da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, encontrou a arara na casa de Vera Lúcia. Por ser proibida a criação do animal silvestre em ambiente doméstico, principalmente porque a espécie está em extinção, o pássaro foi apreendido. Bilie foi encaminhada por funcionários da Agencia Estadual de Meio Ambiente(CPRH) para o centro de triagem do Ibama, no bairro de Casa Forte, zona norte do Recife. Saiba mais sobre esse caso, na reportagem de Clarissa Siqueira e descubra o que acontece com a arara agora:

Mais Lidas