Estudante que participou de protesto no Recife é liberado do Cotel

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 21/09/2013 às 20:33
Leitura:
Do JC Online
solto-FotoAlexandre GondimJC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
O estudante Bruno Torres Mendes Soares, 19 anos, que tinha sido preso em virtude dos protestos ocorridos no Recife na última quarta-feira (18), foi libertado por volta das 17h30 deste sábado do Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife. Ele havia sido preso acusado de depredação de patrimônio durante a manifestação pelo passe livre e contra repressão policial. Dezesseis pessoas foram autuadas pela polícia durante o protesto. Dentre elas, oito adultos pagaram fiança e sete adolescentes foram liberados. Apenas Bruno permaneceu detido, sob acusação de desobediência a policial, depredação de patrimônio público e corrupção de menores. Ao deixar o Cotel, o estudante disse se sentir bastante aliviado. "O diretor do Cotel fez de tudo para que não houvesse tumulto. Fiquei em uma cela especial, com aproximadamente 30 pessoas. Foi tudo tranquilo", disse Bruno, ao deixar a unidade prisional. O estudante ficou emocionado ao ver que aproximadamente 30 pessoas o aguardavam do lado de fora do Cotel. "Estou aliviado e feliz", informou. Sobre o protesto, Bruno voltou a afirmar que não teve participação na depredação de patrimônio. "Quando fiu preso, um policial militar mandou eu baixar a cabeça e não olhar para ele, caso contrário iria marcar meu rosto". A liberdade provisória de Bruno foi concedida na tarde deste sábado (18). O Ministério Público de Pernambuco havia emitido um parecer favorável ao relaxamento de prisão de Bruno, graduando de História na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Mais Lidas