Policiais prendem empresário paraibano acusado de encomendar morte de vereador


Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/09/2013 às 17:42
Leitura:
Da Rádio Jornal O empresário José Santos da Silva, de 36 anos, acusado de encomendar a morte do vereador Geraldo Caetano, conhecido por Déa, na cidade de Serra Branca, no Cariri paraibano, vai ser encaminhado para o estado da Paraíba na tarde desta segunda-feira (23), onde existe um mandado de prisão expedido contra o suspeito. O crime aconteceu no último dia 21 de agosto, mas o empresário só foi preso na manhã desta segunda, no bairro do Pina, no Recife e levado para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro. O delegado Rodrigo Monteiro, responsável pelo caso na Paraíba, diz que a motivação que está sendo apurada no inquérito é que o vereador foi morto após se tornar concorrente do empresário no ramo de funerárias. Os detalhes no flash de Milenna Gomes, especial para a Rádio Jornal:

Mais Lidas