Embate entre Cremepe e Ministério adia atuação do programa Mais Médicos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/09/2013 às 7:44
Leitura:
Do Redator de Plantão Atualizado às 9h25 Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal Enquanto médicos não começam a atuar, faltam profissionais em postos de saúde do Recife
Foto: Rafael Carneiro/ Rádio Jornal Dos 43 registros solicitados em Pernambuco, somente 11 foram concedidos pelo Cremepe. No entanto, no documento, existem exigências feitas que devem ser cumpridas no prazo máximo de quinze dias. O Ministério da Saúde vai acionar a Advocacia Geral da União para anular judicialmente as restrições. Por isso, os médicos estrangeiros ainda não podem atuar nos 56 municípios pernambucanos. De acordo com o Conselho Federal de Medicina, 86 registros provisórios foram concedidos para o programa. Na segunda-feira (22) o Cremepe se pronunciou sobre a polêmica dos profissionais estrangeiros, o presidente do conselho federal de medicina Roberto Dávila comenta: Enquanto esses médicos não podem começar a atuar, faltam profissionais em diversos postos de saúde do Recife. No posto de saúde da comunidade da Vila das Aeromoças, no Ibura, zona sul do Recife, por exemplo, a reclamação dos moradores é pela falta de enfermeiras e medicamentos. Clarissa Siqueira traz as informações:

Mais Lidas