Presos fazem "autogestão", mantém comércio e controlam acessos em presídios

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/09/2013 às 9:30
Leitura:
Da Redação Atualizada às 9h15 Um relatório produzido após visita de comissão do Conselho Nacional do Ministério Público apontou uma série de problemas em três dos principais presídios de Pernambuco e cobrou providências do poder público local. Além das já tradicionais falta de estrutura física, apoio jurídico e superlotação, uma das constatações dos auditores foi a "autogestão" dos presos nos locais visitados em maio. Para os relatores, o Estado não exerce o correto poder de controle nas unidades. Sobre o assunto, o jornalista Joffre Melo entrevistou, na manhã desta terça-feira (24), o secretário executivo de ressocialização do Estado - coronel Romero Ribeiro. REPERCUSSÃO - Ainda durante a programação da manhã da Rádio JC News, Aldo Vilela repercutiu o assunto em entrevista com opromotor de justiça criminal da capital Marcellus Ugiette. Confira a conversa, na íntegra, no link abaixo.

Mais Lidas