Fila para transplante de córnea em Pernambuco é zerada

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/09/2013 às 15:56
Leitura:
A saúde em Pernambuco tem um índice para comemorar já que atingiu o status de córnea zero. Isso não significa que não há mais pacientes na fila para o transplante do órgão, mas que a espera de cerca de cinco anos foi reduzida a, em média, dez dias. De acordo com a coordenadora da Central de Transplantes de Pernambuco, Noemy Gomes, o índice só foi atingido graças a uma força tarefa que realizou 1084 procedimendos de transplantes, convocando todos os pacientes na lista de espera. Ouça entrevista completa e saiba o que fazer para se tornar um doador:

Mais Lidas