Após apelar à presidente, pais conseguem autorização para menino mudar documento de identidade

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/09/2013 às 23:37
Leitura:
Um menino argentino de 6 anos que desde os dois se considera menina vai retirar nova carteira de identidade. Com o documento, ela pode mudar oficialmente de gênero e nome. O pedido para alterar o documento foi feito pelos pais da criança, mas foi rejeitado três vezes pelo Registro de Pessoas da província de Buenos Aires. A mãe não desistiu e enviou carta à presidente Cristina Kirchner. O caso foi revisto nesta quinta (26) e aceito. Mais detalhes no flash de Mônica Yanakiew:

Mais Lidas